A “alma” que existe no concelho é um dos maiores ativos de Viana do Castelo

“Temos em todo o território uma alma e coragem que são distintivas, que têm levado o território a ser reconhecido. E não só por nós, também pelos de fora que chegam cá”

O candidato do Partido Socialista (PS) à Câmara de Viana do Castelo, Luís Nobre, afirmou que a “alma” que existe em todas as freguesias, nas suas diferentes realidades, é um dos maiores ativos do concelho e o ponto de partida para o desenvolvimento.

“Temos em todo o território uma alma e coragem que são distintivas, que têm levado o território a ser reconhecido. E não só por nós, também pelos de fora que chegam cá”, afirmou o candidato socialista, num encontro com representantes da União de Freguesias de Nogueira, Meixedo e Vilar de Murteda.

Para Luís Nobre, que além de candidato socialista é também vereador com o pelouro do Desenvolvimento Económico, essa característica, associada à mobilização de recursos e à aposta na criação de condições para a instalação de empresas e melhoria da qualidade de vida das populações, tem sido um elemento dinamizador do concelho.

“A chave é o que cada um tem para oferecer quando lhe é dada a oportunidade. Essa característica é muito nossa, distingue-nos”, defendeu, durante a conversa com dirigentes de associações locais e representantes das três freguesias, de quem ouviu precisamente apelos ao desenvolvimento e à fixação da população no território.

Garantiu, ainda, que está prevista a construção da quarta ponte sobre o rio Lima no concelho, servindo precisamente esta área do concelho, que vai “criar uma nova dinâmica” localmente, até porque Viana do Castelo “continua a ter procura” para instalação de empresas.

“É para isso que servem estes encontros. Para que, partindo da realidade que construímos até agora, continuarmos o desenvolvimento futuro, mas com o contributo de todos”, disse Luís Nobre, que integra o executivo da Câmara de Viana do Castelo há 16 anos.

O candidato do PS à Câmara Municipal de Viana do Castelo assume a necessidade de “ouvir ideias e sugestões” de todos para assim construir um projeto completo a apresentar aos vianenses.

A “alma” que existe no concelho é um dos maiores ativos de Viana do Castelo

“Temos em todo o território uma alma e coragem que são distintivas, que têm levado o território a ser reconhecido. E não só por nós, também pelos de fora que chegam cá”

O candidato do Partido Socialista (PS) à Câmara de Viana do Castelo, Luís Nobre, afirmou que a “alma” que existe em todas as freguesias, nas suas diferentes realidades, é um dos maiores ativos do concelho e o ponto de partida para o desenvolvimento.

“Temos em todo o território uma alma e coragem que são distintivas, que têm levado o território a ser reconhecido. E não só por nós, também pelos de fora que chegam cá”, afirmou o candidato socialista, num encontro com representantes da União de Freguesias de Nogueira, Meixedo e Vilar de Murteda.

Para Luís Nobre, que além de candidato socialista é também vereador com o pelouro do Desenvolvimento Económico, essa característica, associada à mobilização de recursos e à aposta na criação de condições para a instalação de empresas e melhoria da qualidade de vida das populações, tem sido um elemento dinamizador do concelho.

“A chave é o que cada um tem para oferecer quando lhe é dada a oportunidade. Essa característica é muito nossa, distingue-nos”, defendeu, durante a conversa com dirigentes de associações locais e representantes das três freguesias, de quem ouviu precisamente apelos ao desenvolvimento e à fixação da população no território.

Garantiu, ainda, que está prevista a construção da quarta ponte sobre o rio Lima no concelho, servindo precisamente esta área do concelho, que vai “criar uma nova dinâmica” localmente, até porque Viana do Castelo “continua a ter procura” para instalação de empresas.

“É para isso que servem estes encontros. Para que, partindo da realidade que construímos até agora, continuarmos o desenvolvimento futuro, mas com o contributo de todos”, disse Luís Nobre, que integra o executivo da Câmara de Viana do Castelo há 16 anos.

O candidato do PS à Câmara Municipal de Viana do Castelo assume a necessidade de “ouvir ideias e sugestões” de todos para assim construir um projeto completo a apresentar aos vianenses.

Outras notícias